Em 2016, três anos depois da suspensão de quatro feriados, na sequência do programa de ajustamento da “troika”, os portugueses voltaram a ter mais dias de descanso. O calendário de 2016 passou de nove para treze feriados nacionais, com a reposição dos dois feriados civis (5 de outubro, pela Implementação da República, e 1 de dezembro, que assinala a Restauração da Independência) e de dois feriados religiosos (Corpo de Deus e Dia de Todos os Santos). Com o regresso destes dias, os trabalhadores ganharam quatro "pontes", incluindo o Carnaval.

O calendário de 2017 é ainda mais simpático e oferece vários fins-de-semana prolongados, entre aqueles em que o dia de feriado calha à sexta ou à segunda, e aqueles em que é possível fazer "ponte".

Além da Sexta-Feira Santa, a 14 de abril, há mais quatro feriados que coincidem com o fim-de-semana. O Dia do Trabalhador, no primeiro dia de maio, é a uma segunda-feira; os feriados da Restauração da Independência, no dia 1 de dezembro e da Imaculada Conceição, no dia 8 de dezembro, são a uma sexta-feira, e o Natal a uma segunda-feira.

Só três dos feriados nacionais não prolongam os dias em casa. Para além do domingo de Páscoa, este ano a 16 de abril, o Dia de Portugal, 10 de junho, calha a um sábado e o Dia de Todos os Santos, 1 de novembro, é a uma quarta-feira.

Poderá ter quatro dias de descanso por cinco vezes este ano. A saber. A primeira "ponte" do ano poderá ser já em fevereiro, na terça-feira de Carnaval, a 28 de fevereiro. Não é feriado mas, dependendo da decisão do Governo ou da sua entidade empregadora, poderá ter tolerância. O Dia da Liberdade, 25 de abril, é também a uma terça-feira. O feriado do Corpo de Deus será a uma quinta-feira, dia 15 de junho. Já no querido mês de agosto, o dia 15, feriado da Assunção de Nossa Senhora, é a uma terça-feira. O feriado da Implementação da República, dia 5 de outubro, será a uma quinta-feira.

Também os feriados municipais gozam da mesma sorte. O Santo António, celebrado nos municípios de Lisboa ou Vila Real, e o São Pedro, em Sintra ou Évora, dias 13 e 29 de junho, respetivamente, calham a uma terça, o primeiro, e a uma quinta-feira, o segundo. O São João, celebrado no Porto e Braga, no dia 24 de junho, é este ano a um sábado.

Em resumo...

Fevereiro: Carnaval, 28, terça-feira (opcional).

Abril: 14 (Sexta-feira Santa, sexta-feira); 16 (Páscoa, domingo); 25 (Dia da Liberdade, terça-feira).

Maio: 1 (Dia do Trabalhador, segunda-feira).

Junho: 10 (Dia de Portugal, sábado); 13 (Santo António, terça-feira); 15 (Corpo de Deus, quinta-feira), 24 (São João, sábado); 29 (São Pedro, quinta-feira).

Agosto: 15 (Assunção de Nossa Senhora, terça-feira).

Outubro: 5 (Implantação da República, quinta-feira).

Novembro: 1 (Dia de Todos os Santos, quarta-feira).

Dezembro: 1 (Restauração de Independência, sexta-feira); 8 (Dia da Imaculada Conceição, sexta-feira); 25 (Dia de Natal, segunda-feira).

Já marcou tudo na agenda? Bom ano!

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.