O acidente foi registado durante a tarde e envolveu quatro carros na A22, em Boliqueime (Loulé), e provocou, além das três vítimas mortais, dois feridos graves e cinco ligeiros, revelou previamente à agência Lusa fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

“O trânsito já foi restabelecido. A reabertura deu-se às 19:12 e as equipas de emergência e socorro já estão a desmobilizar”, afirmou fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro à Lusa.

Segundo a fonte do INEM, entre as vítimas mortais estão duas mulheres, de 60 e 35 anos, e um menino de 5 anos, enquanto os dois feridos graves, uma criança de 2 anos e um homem de 64, foram transportados para o hospital de Faro.

A colisão entre as quatro viaturas causou ainda cinco feridos ligeiros, quatro do sexo masculino - dois homens de 53 e 28 anos, um menino de 4 anos e um bebé de 9 meses - e ainda uma mulher de 25 anos, que foram também transportados para a unidade de saúde.

Fonte do CDOS de Faro, em declarações à Lusa, afirmou que o acidente, que se registou às 15:43, obrigou ao corte da A22, também conhecida como Via do Infante, junto ao nó de Boliqueime, no sentido entre Lagos e Faro.

Às 17:30 permaneciam ainda no local 34 operacionais dos Bombeiros, GNR, Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e Cruz Vermelha, apoiados por 16 viaturas, e foram necessárias quase duas horas de trabalho para as equipas de socorro e emergência conseguirem repor as condições de circulação e reabrirem o trânsito, às 19:12.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.