Segundo avança o JN, o grupo de pessoas que esta madrugada interrompeu o trânsito da Segunda Circular, em Lisboa, era constituído por familiares e amigos das três vítimas mortais do acidente de sexta-feira. A ação terá sido realizada sem autorização das autoridades e, segundo o jornal, provocou três quilómetros de trânsito no sentido Aeroporto-Benfica durante mais de meia hora. O grupo terá ainda libertado balões brancos com leds dentro.

Nas redes sociais foram partilhadas algumas imagens.

O acidente de sexta-feira aconteceu na sequência de um despiste de uma viatura ligeira na Segunda Circular, junto ao Campo Grande, em Lisboa, que esteve cortada no sentido Aeroporto-Benfica. “Uma viatura ligeira despistou-se cerca da 01:00 no sentido Aeroporto-Benfica, junto ao Campo Grande, e embateu num poste de iluminação que caiu na estrada invadindo as vias do sentido oposto”, referiu então fonte da PSP.

Em comunicado, a PSP adiantou que as três vítimas mortais, os únicos ocupantes do carro, eram todas do sexo masculino com idades entre os 20 e os 40 anos. Na mesma nota, a PSP refere que o veículo capotou e embateu num poste de iluminação, danificando um pórtico de painéis direcionais que foi ontem, sábado, reposto.

Durante o dia de sexta-feira foram partilhadas nas redes sociais imagens do local do acidente e também um vídeo alegadamente gravado por um dos ocupantes do carro antes do acidente e que alegadamente evidenciava a condução a alta velocidade . Durante a tarde de ontem, o SAPO24 procurou obter junto da PSP explicações adicionais sobre as circunstâncias em que o acidente ocorreu mas todos os contactos não obtiveram resposta.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.