A ANSR, que reúne dados da PSP e da GNR, indica hoje que 288 pessoas morreram, entre 01 de janeiro e 31 de julho, em consequência dos acidentes rodoviários, mais 49 (em 2016 morreram 239) do que em igual período do ano passado.

No que diz respeito aos acidentes, segundo a ANSR, foram registados até 31 de julho 72.658 desastres, mais 160 do que em período homólogo de 2016 (no ano passado registaram-se 72.498).

De acordo com a Segurança Rodoviária, os distritos com o maior número de mortos são Porto (46) e Setúbal (37), Santarém (27) e Lisboa (26), Faro (20), Aveiro (22), e Braga (14).

A ANSR indica também que nos acidentes 1.182 pessoas ficaram feridas com gravidade, mais 40 do que em igual período do ano passado (1.142).

Na última semana (22 a 31 de julho), foram registados pela PSP um morto e 14 feridos graves, enquanto a GNR somou 14 mortos e 60 feridos graves em acidentes rodoviários.

Entre 01 de janeiro e 31 de julho foram ainda contabilizados 22.196 feridos ligeiros, mais 254 do que em igual período do ano passado (21.942 em 2016).

Os dados da ANSR dizem respeito às vítimas cujo óbito foi declarado no local do acidente ou a caminho do hospital.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.