“A ideia para avançar com o AcolheUmaRefeição surgiu depois de termos ouvido a presidente do Banco Alimentar, Isabel Jonet, dizer que em 27 anos nunca tinha visto nada assim, referindo-se ao aumento de pedidos de ajuda alimentar”, disse Ricardo Paiagua, da uppOut que gere a plataforma

Isabel Jonet revelou na segunda-feira que desde o início da pandemia de covid-19 já chegaram mais de 11.600 pedidos de ajuda de agregados familiares, através da Rede de Emergência Alimentar criada pela Entreajuda, da qual o Banco Alimentar faz parte.

Este número representa 55 mil pessoas, estima Isabel Jonet, e são todos novos casos de pobreza, provocados sobretudo pelo desemprego das pessoas que tinham trabalhos precários, e de profissionais liberais, que apenas recebiam quando trabalhavam.

“Temos de nos ajudar uns aos outros. Esta plataforma é dedicada a qualquer tipo de pessoa que esteja a passar dificuldades e fortalecer o espírito de entreajuda económica e social e gerar refeições para quem precisa”, disse Ricardo Paiagua.

O gestor da plataforma explicou que as pessoas e empresas que querem doar comida registam-se e que depois é feito a ligação com quem precisa.

Depois de inserirem o código postal da sua zona de residência, as pessoas que querem ajudar escolhem o número de dias em que o querem fazer e, por sua vez, quem recebe a ajuda terá de escolher os dias em que a quer receber.

“Depois é feito automaticamente o match e é comunicado à pessoa”, disse, salientando que os dados são confidenciais.

As equipas da uppOut validarão todo o processo e fazem o agendamento e relacionamento com as pessoas.

Além deste projeto (www.AcolheUmaRefeicao.pt), a equipa já tinha lançado anteriormente o site www.acolheumheroi.pt , que “já criou perto de uma centena de ‘matches’ entre profissionais de saúde e donos de habitações com a vontade de ceder as suas casas vazias”, o www.acolheumtrabalho.pt, que “está a relacionar profissionais à procura de trabalho e indústrias que não podem parar a sua produção e necessitam de colaboradores” e o www.acolheumempresario.pt para ajudar os empresários.

Ricardo Paiagua disse ainda que esta semana a uppOut vai lançar uma versão internacional do acolheumarefeicao.pt, tal como o www.hostahero.online.

Portugal contabiliza 928 mortos associados à covid-19 em 24.027 casos confirmados de infeção, segundo o boletim de segunda-feira da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

Das pessoas infetadas, 995 estão hospitalizadas, das quais 176 em unidades de cuidados intensivos, e o número de casos recuperados passou 1.329 para 1.357.

Portugal cumpre o terceiro período de 15 dias de estado de emergência, iniciado em 19 de março, e o Governo já anunciou a proibição de deslocações entre concelhos no fim de semana prolongado de 01 a 03 de maio.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.