A notícia espalhou-se pelos meios de comunicação internacionais e foi partilhada nas redes sociais. Alegadamente, um grupo de turistas tinha tirado um golfinho bebé de dentro de água para tirar umas selfies, atitude que tinha resultado na morte do animal.

Mas de acordo com testemunhas locais, esta história foi mal contada. Em entrevista à Telefe Noticias, Hernán Coria, um dos turistas que se encontrava naquele momento na praia de Santa Teresita, explicou que toda a situação aconteceu muito rápido e que houve a intenção de ajudar a salvar a cria de golfinho. “Toda a situação durou cinco minutos. O animal chegou morto à costa”.

Foi também disponibilizado no Youtube, um vídeo que vem confirmar a versão de Hernán Coria, onde é possível ver que o animal foi retirado da água porque já se encontrava morto.

Coria explicou ainda à Telefe Noticias que nesse dia a água estava muito quente e houve vários animais que deram à costa, também mortos. O turista, que divulgou as imagens que deram origem à polémica na sua página do Facebook, confessou ainda que nunca esperou que a situação tivesse a repercussão que acabou por ter.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.