“Está marcada para amanhã, 19 de setembro, uma concentração de táxis na cidade de Lisboa, com previsíveis condicionamentos de tráfego nas principais vias da cidade e diminuição do serviço de táxis na região de Lisboa”, salientou, em comunicado, a empresa gestora da infraestrutura aeroportuária.

Perante este cenário, a ANA apela aos passageiros para “que procurem chegar ao aeroporto com maior antecedência, informando-se previamente sobre alternativas de transportes públicos disponíveis, no quadro do reforço de serviços de e para o aeroporto de Lisboa”.

Os taxistas manifestam-se quarta-feira em Lisboa, Porto e Faro contra a entrada em vigor, em novembro, da lei que regula as quatro plataformas eletrónicas de transporte que operam em Portugal – Uber, Taxify, Cabify e Chaffeur Privé.

Este é o quarto grande protesto, desde 2015, contra as plataformas que agregam motoristas em carros descaracterizados, cuja regulamentação foi aprovada, depois de muita discussão, no parlamento, a 12 de julho.

A legislação foi promulgada pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, a 31 de agosto. A entrada em vigor acontece a 1 de novembro, mas o setor do táxi marcou a manifestação precisamente com a intenção de que esta não venha a ser aplicada.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.