A cidadã russo-alemã, 31 anos, conseguiu em 2016 e 2017 enganar a elite de Nova Iorque ao fazer-se passar por uma herdeira rica, quando, na verdade, era filha de um camionista originário de um subúrbio de Moscovo.

Anna, que executou os seus golpes sob o nome falso de "Anna Delvey", deve embarcar um voo para Frankfurt ainda hoje, após ser libertada de um centro de detenção do estado de Nova Iorque, informou o tablóide "New York Post", citando fontes familiarizadas com o assunto.

A jovem foi condenada a uma pena entre quatro e 12 anos de prisão e libertada em fevereiro de 2021, por bom comportamento. Foi presa novamente no mês seguinte, com visto vencido.

Anna ficou detida no ICE, centro da agência de Imigração e Alfândega. Um porta-voz do local disse hoje à AFP que Sorokin "permanece sob custódia do ICE, à espera da sua expulsão", sem dar detalhes.

Com base em mentiras, Anna Sorokin fez-se passar por uma herdeira alemã com uma fortuna avaliada em 60 milhões de dólares, o que lhe permitiu obter dezenas de milhares de dólares em empréstimos bancários. A sua história seduziu a produtora de TV Shonda Rhimes, que a converteu na minissérie "Inventing Anna", com Julia Garner no papel principal.

Segundo alguns meios de comunicação, Anna recebeu 320 mil dólares da gigante do streaming.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.