No debate quinzenal com o primeiro-ministro, no parlamento, a deputada Cecília Meireles questionou Costa sobre o significado das suas palavras no congresso da Associação Nacional dos Municípios Portugueses (ANMP) quanto à mudança da forma de eleição das Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) por poder tratar-se do princípio da regionalização.

“Não está na minha agenda, no programa de Governo nada se propõe quanto à regionalização”, afirmou António Costa.

No entanto, afirmou que quanto ao futuro, as regiões estão nos seus planos e é seu desejo, do que se interpreta do que disse, que ainda seja primeiro-ministro: “Tenho muita esperança de estar cá na próxima legislatura para dar os passos subsequentes”.

O que existe nos seus planos, disse ainda, é a eleição das CCDR no início de 2020, como disse há duas semanas no congresso da ANMP, ou “no próximo semestre”, como precisou hoje.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.