Segundo Luís Lavrador, a droga apreendida, com um valor estimado de cerca de 20 milhões de euros, terá sido transportada por um navio proveniente de Puerto Moin, na Costa Rica, e que, entretanto, abandonou o porto de Setúbal na quarta-feira à noite.

A Polícia Judiciária foi chamada ao local por ter a competência da investigação do tráfico de estupefacientes, mas remete qualquer esclarecimento para a Autoridade Tributária.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.