O embaixador saudita no Bahrein, Abdulla bin Abdulmalek al-Alshaikh, entregou ao herdeiro bareinita o convite manuscrito pelo príncipe Mohammed durante uma audiência no palácio Gudaiybia, em Manama, informou a agência oficial BNA, citada pela agência de notícias espanhola Efe.

O convite ao responsável do Bahrein foi feito depois de muitas figuras públicas terem anunciado o cancelamento da sua presença no fórum económico Future Investment Initiative, que se realiza entre terça e quinta-feira em Riade, devido ao caso do desaparecimento e assassínio do jornalista saudita Jamal Khashoggi dentro do consulado saudita de Istambul, a 02 de outubro.

Entre outros, cancelaram a sua participação no fórum a diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, o presidente do Banco Mundial, Jim Yong Kim, ministros de países como França, Reino Unido, Holanda, Japão e Estados Unidos e administradores de empresas multinacionais.

A morte do jornalista crítico da monarquia saudita, já reconhecida pelas autoridades de Riade, está a ter repercussões diplomáticas.

A chanceler alemã, Angela Merkel, anunciou no domingo a suspensão da venda de armas à Arábia Saudita, por considerar que não pode ser feita "nas atuais circunstâncias".

A porta-voz dos Negócios Estrangeiros da Comissão Europeia, Maja Kocijancic, indicou hoje que estão em curso "consultas entre Estados membros" para determinar que impacto terá a morte do jornalista nas relações da União Europeia com a Arábia Saudita.

No fórum económico que começa na terça-feira, conhecido como "o Davos do deserto" pelo nível dos seus participantes, embora não tenha relação com o Fórum Económico Mundial, deverão ser anunciados projetos multimilionários.

Até agora, a organização do fórum ainda não anunciou qualquer alteração ao programa, que prevê a participação de 150 oradores em 40 sessões ao longo de três dias.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.