“Tenho a expectativa de que o passe único seja uma realidade quer no Porto quer em Lisboa já em abril. As duas áreas [metropolitanas] estão a trabalhar ativamente para isso, estamos em condições de algures por março lançarmos o concurso público”, afirmou aos jornalistas, no final da reunião do Conselho Metropolitano do Porto, realizada em Valongo.

Depois de lançado o concurso, é esperar que os operadores privados encontrem razões suficientes para “virem a jogo”, referiu, acrescentando estarem a definir alguns critérios, nomeadamente a idade média das viaturas, o prazo de concurso, a qualidade de transportes e as acessibilidades.

“Queremos autocarros que sejam verdadeiramente inclusivos”, reforçou.

O passe único de transporte nas duas áreas metropolitanas deverá custar, no máximo, 40 euros mensais e permitirá que as crianças até aos 12 anos viajem gratuitamente.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.