Os ataques de 11 de Setembro de 2001, os mais mortais da história com quase 3.000 mortos, foram realizados por 19 operacionais da Al-Qaeda, que sequestraram e pilotaram quatro aviões que descolaram dos aeroportos da Costa Leste - Boston, Washington e Newark - com destino à Califórnia.

Dois aviões atingiram as Torres Gémeas, que arderam e colapsaram em menos de duas horas, e um terceiro avião fez explodir parte do Pentágono.

Um quarto avião - presumivelmente visando o Capitólio, a sede do Congresso norte-americano, ou a Casa Branca - despenhou-se em Shanksville, Pensilvânia, depois de os passageiros e a tripulação terem contra-atacado os quatro sequestradores.

Nenhuma das pessoas a bordo dos quatro aviões sobreviveu.

Nos dias seguintes aos ataques imperaram as imagens dos destroços na cidade e da procura por desaparecidos. Passaram 20 anos e esses momentos ainda se mantém na memória de muitos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.