Segundo comunicado, a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) realizou uma "ação de fiscalização
direcionada para a verificação do cumprimento das condições de armazenagem de produtos alimentares", tomando esta parte no espaço de um "grossista localizado no município de Penafiel".

O espaço teve a sua atividade suspensa e foi "instaurado um processo de contraordenação e apreendidas cerca de 25 toneladas de produtos alimentares de origem animal, num valor aproximado de 125 mil euros", refere a nota.

Em causa está o facto do estabelecimento armazenar e vender por grosso "produtos alimentares de origem animal  (produtos cárneos, produtos da pesca, produtos lácteos e bacalhau) sujeitos a temperatura controlada" sem possuir um "Número de Controlo Veterinário (NCV), atribuído pela Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV)".

De acordo com a ASAE, tal situação constitui "a infração de um pré-requisito para que se mostrem cumpridas as normas de segurança alimentar e as disposições legais dos regulamentos europeus aplicáveis".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.