A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) anunciou hoje que agiu na sequência de uma queixa e de uma investigação de seis meses à produção e venda de artigos para pesca que imitavam modelos registados e legalmente protegidos.

As vendas foram detetadas nas redes sociais e numa página de internet direcionada para o público-alvo da pesca, afirma a ASAE em comunicado.

“Foi detetado o local de produção dos artigos de pesca”, onde se reproduziam “partes características de um modelo registado”, acrescenta a ASAE, precisando que os materiais eram vendidos para vários pontos do país, através da publicitação online.

Entre os artigos apreendidos no laboratório “usado pelo arguido”, as autoridades encontraram moldes, maquetes e, vinil e tintas para recriar os modelos originais.

Foi também apreendido um computador para recolha de prova.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.