A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) bloqueou, na quinta-feira, dois parquímetros da Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa (EMEL).

De acordo com a edição online do jornal Expresso, que cita fonte da ASAE, o bloqueio aconteceu na sequência de uma operação de "controlo metrológico dos equipamentos" naquela área de Lisboa.

No decorrer da ação de fiscalização descobriu-se que os dois parquímetros, um em São Domingos de Benfica e outro no Alto dos Moinhos, não estavam certificados.

"Os equipamentos são alvo de manutenção periódica. Essa certificação implica a colocação de um selo, mas nesses dois parquímetros a equipa que faz a manutenção atrasou-se e não tinha ainda colocado os selos", disse Helena Carvalho, diretora de Institucionais e Cidadania da EMEL, ao jornal.

Segundo a mesma fonte os dois parquímetros em causa são de “uma marca diferente” e estão desligados e em manutenção e não deverão estar em funcionamento antes da próxima semana.

"Enquanto os parquímetros não estiverem regularizados, a EMEL não vai fiscalizar essas zonas", concluiu Helena Carvalho.

O valor da multa não foi divulgado.

A EMEL tem cerca de 50 mil lugares de estacionamento pagos na capital e mais de 2 mil parquímetros nas ruas.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.