As buscas para resgatar o homem que caiu ao mar quando se encontrava a pescar em São Pedro de Moel, concelho da Marinha Grande, foram suspensas por já não haver condições de luminosidade, afirmou à agência Lusa o comandante do Porto da Nazaré, Paulo Gomes Agostinho.

Durante a tarde de hoje, estiveram no local um helicóptero da Força Aérea, três motas de água, um barco semirrígido e quatro carros da Polícia Marítima, a participar numa busca centrada no local da queda e com "um raio de três milhas", sendo que na segunda-feira o raio da operação deverá aumentar, explicou.

Na segunda-feira, as buscas devem retomar entre as 07:00 e as 07:30, com "um dispositivo muito semelhante", querendo os operacionais aproveitar a baixa-mar, por volta das 09:30, que Paulo Gomes Agostinho considera ser um "momento-chave" para a operação, por passar a haver alguma areia na zona da queda.

Relativamente ao dispositivo para as buscas de segunda-feira, o comandante do Porto da Nazaré referiu que ainda está a ser debatido se será empenhado um helicóptero ou não, sendo que vai participar na operação um navio da Marinha, que será "uma corveta ou eventualmente uma fragata".

O homem, de 23 anos, "caiu ao mar quando se encontrava à pesca" e foi "dada a informação de que não sabe nadar".

O pescador encontrava-se junto ao Farol do Penedo da Saudade, na praia de São Pedro de Moel, no concelho da Marinha Grande, "acompanhado de familiares que deram o alerta", registado pela Capitania do Porto da Nazaré às 14:58.

(Artigo atualizado às 19:31)

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.