De acordo com a Reuters, o número de vítimas ainda não é claro. O avião terá pegado fogo por motivos técnicos.

Arif Noori, porta-voz do gabinete do governador da província de Ghazni precisou que "um avião da Boeing pertencente à companhia aérea Ariana Afghan Airlines caiu na área de Sado Khel, no distrito de Deh Yak, província de Ghazni, por volta das 13h10, horário local".

Contudo, o CEO da companhia, Mirwais Mirzakwal, veio negar a informação de que um dos aviões da Ariana Airlines possa ter caído.

"Houve um acidente aéreo, mas [o avião] não pertence à Ariana porque os dois voos geridos pela companhia, de Herat para Cabul e de Herat para Deli, estão seguros", disse à Reuters.

Os meios de comunicação afegãos referem que iam 83 pessoas a bordo. Contudo, os detalhes ainda não são conhecidos, uma vez que as autoridades tentam ainda localizar os destroços da aeronave na província montanhosa, parcialmente controlada pelos talibãs.

O último acidente de um avião civil no Afeganistão ocorreu em maio de 2010 com um voo da Pamir Airways, que caiu causando 43 mortos. Em fevereiro de 2005, um Boeing 737 da Kam Air, outra companhia aérea privada afegã, caiu não muito longe da capital, Cabul, matando as 104 pessoas a bordo.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.