A aeronave descolou do aeródromo de Tires, tendo-se despenhado cerca de dois mil metros depois da descolagem, caindo perto de uma superfície comercial, nomeadamente nas traseiras do supermercado Lidl. Ao despenhar-se, a aeronave atingiu um camião e uma casa.

As vítimas mortais confirmadas são o piloto, os três ocupantes da aeronave, que tinha matrícula suíça, e uma pessoa que se encontrava no parque do supermercado, junto ao camião atingido.

Três dos ocupantes da aeronave são de nacionalidade francesa e o quarto ocupante é suíço. Segundo o comandante do Comando Distrital de Operações de Socorro de Lisboa, André Fernandes, os ocupantes eram todos "adultos".

Há ainda a registar quatro feridos ligeiros, por inalação de fumo. Três foram transportados para o hospital de Cascais e um foi assistido no local.

Segundo André Fernandes, apesar de as operações se encontrarem já em rescaldo, decorriam também "buscas secundárias em imóveis afetados", para confirmar a inexistência de mais vitimas.

O supermercado encontrava-se, na altura do acidente, com alguns clientes, mas, segundo André Fernandes, as pessoas saíram do estabelecimento sem problemas de maior, depois de ativados os procedimentos de segurança.

Em comunicado divulgado esta tarde, o aeródromo municipal confirma que "hoje, pelas 11h05, o voo de um operador privado Symbios Orthopedie, envolvendo uma aeronave PA-31 que descolava de Cascais com destino a Marselha, com 3 passageiros e 1 tripulante a bordo, sofreu um acidente fora do espaço aeroportuário. Foi de imediato acionado o plano de emergência do aeródromo e, dessa forma, acionados os meios internos e externos para fazer face a este acidente. De momento decorrem as operações de salvamento das vítimas".

O aeródromo de Tires, em Cascais, que foi encerrado na sequência da queda do acidente da aeronave nas proximidades, já se encontra reaberto, indicou fonte da infraestrutura.

No local - uma zona habitacional - encontravam-se várias corporações de bombeiros, a PSP, a PJ, o INEM, a Proteção Civil e elementos do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). O dispositivo de socorro no local envolveu 90 operacionais, apoiados por 37 viaturas.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Lisboa indicou que o alerta foi dado às 12h05. “Tudo indica que ocorreu uma explosão no ar”, referiu à Lusa fonte da Autoridade Nacional de Proteção Civil.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, deslocou-se para o local e escusou-se a comentar a situação quando interpelado pelos jornalistas.

Uma extensa coluna de fumo era visível por entre as casas de um bairro de Tires, Cascais, onde caiu a aeronave, com dezenas de pessoas a assistir às operações no local, onde foi estabelecido um cordão de segurança. No local onde a aeronave caiu podem observar-se vários telhados de chapas de zinco queimados e destruídos.

O trânsito na Avenida Amália Rodrigues, em Tires, concelho de Cascais, foi cortado na sequência da queda da aeronave, anunciou o município.

A Symbios Orthopédie SA, operadora privada do aparelho, é uma empresa de origem suíça especializada em próteses para a anca e o joelho. Emprega cerca de 100 pessoas em toda a Europa, mais de metade das quais trabalham em Yverdon-Les-Bains,na Suíça, onde se localiza a sede da empresa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.