Se existisse uma competição em torno de pessoas que perdem as estribeiras ao volante a nível europeu, de acordo com The Guardian, que cita um inquérito, os franceses eram os campeões.

Uma sondagem sobre "condução responsável" em 11 países europeus publicada pela Vinci Motorway, revelou que um em cada cinco condutores franceses — este número sobe na zona de Paris — parece sofrer de Transtorno Dissociativo de Personalidade quando está a conduzir.

Os franceses admitem mesmo que não são "a mesma pessoa" e que são mais "agitados, impulsivos ou agressivos" ao volante do que o "são na vida normal". A política na estrada, segundo um em cada dez condutores franceses, é a de "cada um por si".

No entanto, os condutores franceses partilham o primeiro lugar com os gregos na sondagem como sendo os mais propensos a lançar insultos a outros condutores — sensivelmente 70% de todos os inquiridos.

"A tendência dos condutores para se sentirem na sua própria bolha quando estão no seu veículo faz com que se esqueçam da natureza coletiva da condução", disse Bernadette Moreau, da Vinci.

A responsável salientou ainda que os resultados mostraram que os condutores descreveram o seu próprio comportamento ao volante como "calmo e cortês", mas quando chegou a altura de descrever o comportamento dos outros condutores, aferiram que estes eram "irresponsáveis e perigosos".

O inquérito também revelou que 78% dos condutores admitem que desviam o olhar da estrada para o telemóvel ou rádio enquanto guiam.

Outra das conclusões que se pode retirar do levantamento da Vinci é que a grande maioria também não respeita a distância de segurança entre os veículos, sendo que um terço admite que se aproxima do condutor da frente caso este esteja a fazer algo que o chateie.

No entanto, se os franceses são aqueles que mais resmungam, já os suecos são aqueles que provavelmente vão conduzir em alta velocidade e os espanhóis os mais propícios a utilizar a buzina.

Relativamente à lista que contempla os países mais susceptíveis a comportamentos mais perigosos na estrada, esta é liderada pelos gregos, ao passo que os britânicos ocupam o último lugar.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.