Segundo um dos dirigentes da corporação Paulo Ferreira, empresas e pessoas a título individual têm-se disponibilizado para ceder máquinas, mangueiras, geradores e transportes, além da oferta de alimentos e água.

Fazendo questão de agradecer, em nome dos bombeiros, as mensagens de solidariedade e as ofertas, Paulo Ferreira disse que, se por acaso as pessoas ou as empresas não receberam 'feedback', "é porque, por enquanto, não é necessário o que se propuseram a ceder ou a oferecer".

O deslizamento de um grande volume de terra e o colapso de um troço da estrada entre Borba e Vila Viçosa, no distrito de Évora, para o interior de uma pedreira ocorreu na segunda-feira às 15:45.

Segundo as autoridades, o colapso de um troço de cerca de 100 metros da estrada terá arrastado para dentro da pedreira contígua, com cerca de 50 metros de profundidade, uma retroescavadora e duas viaturas civis, um automóvel e uma carrinha de caixa aberta.

Na terça-feira à tarde foi retirado o corpo de um dos dois mortos confirmados, havendo ainda três pessoas dadas como desaparecidas.

O Ministério Público instaurou "um inquérito para apurar as circunstâncias que rodearam a ocorrência", segundo a Procuradoria-Geral da República, e duas equipas da Polícia Judiciária estão no local desde quarta-feira a proceder a investigações.

O Governo pediu na quarta-feira uma inspeção urgente ao licenciamento, exploração, fiscalização e suspensão de operação das pedreiras situadas na zona de Borba.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.