De acordo com Borges da Silva, a eleição para um segundo mandato servirá para dar seguimento aos compromissos que levou a cabo nos últimos três anos e meio e que passam "pelo rigor financeiro" do município.

"Vou manter como prioridade absoluta o desenvolvimento económico e a criação de emprego em todas as áreas, em particular nas áreas do industrial e também do turismo, onde estão a ser feitos investimentos, especialmente no enoturismo", explicou.

À agência Lusa, apontou que é com agrado que vê "a consolidação empresarial" que ocorreu nos últimos três anos e meio, sendo "criados mais de 1.500 empregos na vertente empresarial, dentro e fora do concelho, para além de terem reaberto mais de 40 estabelecimentos comerciais".

Caso venha a ser eleito, o advogado pretende concluir o trabalho ao nível do ciclo urbano da água, "dotando todas as habitações e indústrias do concelho de tratamento de águas residuais".

"Queremos também continuar o reforço do apoio social que temos desenvolvido neste mandato e continuar a reabilitação urbana, não só em Nelas, como em Santar, Canas de Senhorim e Caldas da Felgueira", referiu.

Sobre a sua equipa, Borges da Silva revela que "vai ser renovada", encontrando-se ainda em construção. No entanto, a atual vice-presidente, Sofia Relvas, irá manter-se como número dois.

"Com o trabalho que efetuámos nestes três anos e meio, desde logo trazendo a dívida da Câmara de 16 para nove milhões de euros, penso que temos todas as condições para nos ser renovada e reforçada a confiança por parte da população do concelho", concluiu.

Na corrida autárquica à presidência da Câmara de Nelas está também, pelo PSD, a médica Isaura Pedro, que, depois de ter sido eleita em 2005 e 2009, perdeu em 2013 para Borges da Silva.

Nas autárquicas de 2013, o PS obteve 44,20% dos votos conseguindo quatro mandatos. Já a coligação PSD-CDS/PP teve 44,03%, elegendo três mandatos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.