Segundo a transportadora, houve uma “importante falha do sistema informático que está a causar graves alterações” nos seus voos a nível mundial, ainda que afaste a possibilidade de na origem da mesma estar um ataque externo.

“Não há nenhuma prova de que se trate de um ciberataque”, disse à agência de notícias espanhola Efe um porta-voz da BA.

Em comunicado, a BA indicou que “os terminais de Heathrow e Gatwick estão muito congestionados, tendo sido cancelados todos os voos” previstos para descolarem antes das 17:00 (GMT).

E solicitou aos passageiros destes voos para que não se desloquem para os aeroportos em causa, porque os mesmos não se vão realizar.

A BA vai manter os clientes informados sobre as alterações de voos através dos seus canais de comunicação, lamentando os problemas causados aos passageiros afetados e garantindo que está a trabalhar para resolver a situação o mais rapidamente possível.

A companhia britânica não avançou com o número de voos a nível mundial afetados pelo colapso do sistema informático, e também não especificou os problemas que estão a afetá-lo.

O aeroporto de Heathrow, o maior do Reino Unido, já assinalou que está a trabalhar “estreitamente” com a BA para resolver o problema, que se verifica precisamente num período marcado pelo início de uma semana de férias escolares, quando muitos britânicos saem de férias para o estrangeiro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.