Trata-se de uma iniciativa da Dianova, uma organização para a intervenção em toxicodependências e desenvolvimento social, que visa esclarecer sobre as dependências da internet, “num mundo cada vez mais dominado pelas novas tecnologias, como a Internet, redes sociais, smartphones e apps”.

No comunicado com que divulga a campanha, intitulada “não te deixes possuir”, a Dianova recorda um estudo europeu, segundo o qual 64% dos inquiridos está online seis dias da semana ou diariamente através do telemóvel (50%), computador pessoas (48%) e portátil (46%).

“Adicionalmente, as redes sociais são a ferramenta online mais utilizada pelos inquiridos, 70% a nível diário, dos quais 40% acedem durante mais de duas horas por dia durante a semana”, lê-se no comunicado.

A Dianova sublinha um dos resultados “mais preocupantes” que aponta para um em cada cinco inquiridos sofrer, de alguma forma, de cyberbullying.

“Da totalidade de inquiridos, 13,9% foram classificados como reveladores de um comportamento disfuncional relativamente à utilização da Internet”.

A campanha é inspirada no filme “O Exorcista” e será o lema para a celebração do Dia Internacional da Luta Contra as Drogas e Tráfico Ilícito, no domingo.

Com duas imagens que pretendem comparar o comportamento de constante ligação a um dispositivo móvel a uma possessão por espíritos malignos que impedem que o indivíduo seja ele próprio e leve uma vida normal, a campanha convida as pessoas (sobretudo os jovens e os seus pais) a procurarem ajuda para se libertarem destas situações.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.