O homem e a mulher, de 60 e 59 anos, foram detidos pela GNR e constituídos arguidos num processo em que terão de responder em tribunal por violação do confinamento obrigatório, que constitui crime de desobediência.

A GNR esclareceu que a situação foi detetada quando uma patrulha se deslocou à residência dos visados para a verificação do dever de confinamento obrigatório, “onde verificaram que se tinham ausentado do domicílio”.

“Após diligências policiais, foi possível confirmar que os suspeitos se encontravam a passear na via pública”, segundo a GNR.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.