A TAP foi alvo de um ciberataque em agosto e os dados pessoais de milhares de clientes foram comprometidos, incluindo os de Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa.

Se quer saber se os seus dados foram expostos pelos piratas informáticos, pode consultar o site Have I Been Pwned.

Criado por Troy Hunt, especialista em cibersegurança, este motor de busca especial, com mais de uma década, compara o endereço facultado pelo internauta com os endereços comprometidos nos últimos ataques de segurança e informa se os dados estão em perigo ou não.

Como verificar em 4 passos:

  1. Aceder ao site;
  2. Inserir o seu e-mail ou contacto telefónico;
  3. Carregar no botão “pwned?”;
  4. Consultar se a TAP aparece na lista.
É cliente da TAP? Saiba o que fazer depois do ataque que expôs dados de clientes na dark web
É cliente da TAP? Saiba o que fazer depois do ataque que expôs dados de clientes na dark web
Ver artigo

Os dados pessoais dos clientes da TAP, divulgados pelo grupo de cibercriminosos Ragnar Locker , vão do nome, morada, ‘e-mail’, data de nascimento até data de registo e número de passageiro.

A TAP revelou os dados atacados são "nome, nacionalidade, sexo, data de nascimento, morada, e-mail, contacto telefónico, data de registo de cliente e número de passageiro frequente”.

A companhia aérea indicou que a informação divulgada relativamente a cada cliente pode variar, reiterando que “não há indícios de que dados de pagamento tenham sido exfiltrados dos sistemas”.

O Ministério Público já confirmou a abertura de um inquérito ao ataque informático à TAP

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.