A ciclovia para ligar a vila de Castelo de Vide à aldeia de Portagem, no concelho de Marvão, deverá estar concluída em 2021, segundo os presidentes dos dois municípios do Alto Alentejo.

“Atualmente, estamos numa fase inicial, a fazer os trabalhos preliminares e os contactos institucionais, para depois apresentarmos uma candidatura a financiamento comunitário", explicou hoje à agência Lusa o presidente da Câmara de Castelo de Vide, António Pita.

Na opinião do autarca, o projeto vai proporcionar a oferta de um itinerário “seguro” entre dois pontos com “importância estratégica” e de “grande interesse” turístico.

Além de uma via que promova a circulação pedestre e velocipédica, os dois municípios preveem um "percurso panorâmico de inusitado valor paisagístico e turístico".

O traçado previsto contempla, a partir de Castelo de Vide, a passagem pela Estrada da Circunvalação, Prado, Estrada Nacional (EN) 246, Escusa, Caleiras e o “túnel das árvores fechadas”, constituído por freixos centenários, até à aldeia de Portagem, em Marvão.

“Se tudo correr bem, este projeto poderá estar implementado em 2021. Vamos trabalhar para isso”, acrescentou o autarca de Castelo de Vide.

Contactado pela Lusa, o presidente da Câmara de Marvão, Luís Vitorino, considerou que a iniciativa intermunicipal é uma “mais-valia” em termos turísticos, uma vez que os dois concelhos “não vivem um sem o outro”.

Sublinhando que os dois territórios estão situados em pleno Parque Natural da Serra de São Mamede, o autarca de Marvão disse haver necessidade de "dar condições e de proporcionar uma oferta variada" a todos aqueles que visitam ambos os concelhos.

“Temos uma boa oferta em termos de hotelaria e restauração, mas precisamos deste tipo de projetos como de pão para a boca”, acrescentou.

Luís Vitorino adiantou que já solicitou uma reunião ao ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, para discutir o projeto, uma vez que o traçado prevê a passagem pelo “túnel das árvores fechadas” e a criação de um troço alternativo para o trânsito automóvel.

“A pista iria passar no 'túnel das árvores' e poderia ser uma solução para aquele espaço, com a criação de uma estrada alternativa, mas se assim não for a ciclovia vai passar num passadiço entre o túnel e o campo de golfe de Marvão”, disse.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.