O planeta tem mais de 13 vezes a massa da Terra, mas orbita uma estrela nove vezes menos massiva do que o Sol, a estrela anã extremamente fria LHS3154.

Segundo os autores da investigação, publicada na Science, é a primeira vez que um planeta com tão elevada massa foi observado a orbitar uma estrela com uma massa tão baixa.

A descoberta surpreendeu os cientistas, uma vez que não era expectável que o disco de formação planetária em torno da estrela LHS3154 tivesse matéria suficiente para gerar o planeta LHS3154b.

Para os autores do artigo publicado na Science, o rácio poeira-massa e poeira-gás do disco planetário que rodeia estrelas como a LHS3154 quando são jovens teria de ser 10 vezes maior do que o calculado para o que deu origem ao planeta LHS3154b.

O LHS3154b foi detetado com um espetrógrafo construído pela universidade norte-americana Penn State para encontrar planetas a orbitarem as estrelas mais frias fora do Sistema Solar com potencial para conterem à superfície água líquida, elemento fundamental para a vida tal como se conhece.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.