O anúncio do líder do Governo aconteceu durante a conferência de imprensa no final da 30.ª cimeira bilateral, em Valhadolid, Espanha.

“Voltaremos a encontrar-nos para a 31.ª cimeira de forma a dar continuidade ao que aqui iniciamos hoje e para lançarmos novos dossiês”, referiu Costa.

Na semana passada, o presidente da Câmara Municipal da Guarda, Álvaro Amaro, anunciou que ia sugerir ao primeiro-ministro que a cimeira luso-espanhola de 2019 fosse realizada naquela cidade.

O autarca social-democrata, que falava aos jornalistas no final da reunião quinzenal do executivo, justificou que sendo a reunião de 2019 em Portugal, “gostaria de a ver [realizada] na Guarda”.

“Ficaremos na expectativa de que tal possa ser possível”, referiu Álvaro Amaro, na altura.

Na 30.ª cimeira bilateral em Valhadolid (Espanha), onde durante esta tarde decorreram reuniões setoriais, Portugal e Espanha chegaram hoje a acordo sobre políticas de desenvolvimento das regiões despovoadas e envelhecidas junto à fronteira comum para assegurar a sustentabilidade futura dos territórios, tornando-os atrativos para viver, trabalhar e investir.

Os dois países definiram uma estratégia ibérica para desenvolver as zonas da raia, onde o despovoamento é um problema transversal nos dois lados da fronteira.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.