“Eu quero dizer que eu vou tirar a sua máscara, Bolsonaro. Você não pode deixar de ir ao debate. Você está mentindo, e atestado médico falso é crime”, afirmou Ciro Gomes à imprensa, em São Paulo. “Vá ao debate da Globo que eu vou mostrar que você é uma nota de três reais”, afirmou.

Ciro disse que recebeu na terça-feira as regras do debate da Globo, emissora que irá transmitir o debate de quinta-feira, e nelas constavam que o processo teria de ser adaptado após a confirmação de que Bolsonaro não iria participar.

O candidato do PDT afirmou ainda que vai tentar processar os médicos de Bolsonaro por estes emitirem um atestado falso – alegando o estado de saúde do candidato, esfaqueado em setembro numa ação de campanha -, segundo a plataforma informativa UOL.

Um dos médicos que acompanha a evolução da saúde do candidato da extrema-direita, o cirurgião Antonio Macedo, afirmou hoje que impediu a participação de Bolsonaro no debate desta quinta-feira, por questões médicas.

Quanto à sua própria participação no último debate, Ciro Gomes afirmou: “Sou o que sou, vou falar o que penso, vou procurar dizer ao povo brasileiro para desarmarmos essa bomba de extremismos do PT (Partido dos Trabalhadores) e Bolsonaro. Isso vai afundar o Brasil numa crise de que talvez não possamos sair com a democracia”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.