Nascido e criado no bairro de Yonkers, em Nova Iorque, Patrick Quinn foi o cofundador, juntamente com Pete Frates, da campanha ‘Ice Bucket Challenge’, que se tornou viral e angariou mais de 220 milhões de dólares (mais de 185 milhões de euros) para investigação médica sobre esclerose lateral amiotrófica. A 8 de março de 2013, Quinn foi diagnosticado com a doença e faleceu este domingo, aos 37 anos de idade, noticiou o jornal britânico The Guardian.

A Associação ALS (sigla da doença em inglês) anunciou o falecimento de Quinn através de uma publicação na rede social Twitter, relembrando que foi o responsável pela "maior campanha de comunicação social da história".

"O desafio do ‘Ice Bucket’ acelerou dramaticamente a luta contra a ALS, levando a novas descobertas de investigação, à expansão dos cuidados para as pessoas com ALS e a um maior investimento do governo na investigação da ALS", acrescentou.

O ‘Ice Bucket Challenge’ tornou-se viral nas redes sociais no verão de 2014 e pessoas de todo o mundo, entre as quais várias celebridades, publicaram vídeos e fotos suas enquanto despejavam baldes de água gelada pela cabeça, desafiando outros a fazer o mesmo e apelando a donativos para a investigação da ALS.

Quin está nomeado, juntamente com Peter Frates, para personalidade do ano da revista Time. Frates morreu no ano passado com 34 anos, sete anos após o seu diagnóstico.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.