"Os quatro membros da tripulação foram recuperados do local do acidente por um helicóptero de resgate norueguês 330 Squadron Sea King. Os corpos permanecerão em Bodø (norte) até serem transportados para os Estados Unidos", disseram as forças armadas em comunicado.

As suas identidades não foram reveladas. O avião do tipo Osprey do Corpo de Fuzileiros Navais, com quatro norte-americanos a bordo, desapareceu do radar na sexta-feira devido ao mau tempo, informaram os serviços de resgate locais.

O mau tempo complicou a operação de busca e resgate, que não pode ser realizada no sábado. De acordo com as primeiras investigações, o avião "chocou" contra a montanha.

O avião estava a participar numa missão de treino chamada "Cold Response", envolvendo 200 aeronaves e cerca de 50 navios.

Os exercícios, que durarão até 1 de abril, visam testar a capacidade da Noruega de receber reforços externos em caso de agressão de um terceiro país, nos termos do artigo 5º da Carta da NATO, que obriga os seus membros a socorrer qualquer um dos seus signatários.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.