António Costa deu conta deste convite de Volodymyr Zelensky a Marcelo Rebelo de Sousa em declarações aos jornalistas, após ter visitado a embaixada de Portugal em Kiev.

“Sou portador de um convite que o Presidente Zelensky fez a sua excelência o Presidente da República [Marcelo Rebelo de Sousa] para visitar a Ucrânia em data oportuna. E esse é o convite que transmitirei”, declarou o primeiro-ministro.

Em relação à sua presença na Ucrânia, António Costa destacou a visita que esta manhã fez em Irpin, na periferia de Kiev.

“Impressionou-me muito, sobretudo pela evidência da barbaridade da guerra e da especial violência com que tem sido conduzida pela Rússia”, declarou.

O líder do executivo afirmou ainda ter ficado impressionado com a “tranquilidade de Kiev”, em contraste com a “brutalidade da guerra” conduzida pela Rússia contra a Ucrânia.

Interrogado se recomenda uma viagem à Ucrânia aos deputados do PCP, António Costa alegou que se recusa a “entrar em questões políticas” nacionais a partir de Kiev.

“Mas estas viagens não se recomendam, porque estas viagens não são de turismo. A dramaticidade desta guerra, se vista ao vivo, transcende aquilo que conseguimos captar através das televisões”, acrescentou.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.