Segundo Luís Marques Mendes, António Costa fará um "périplo" por vários países africanos, tendo passagem por Angola prevista para o final de julho.

Assim, o primeiro-ministro irá estar em São Tomé e Príncipe a 25 e 26 de junho; seguindo-se uma passagem por Moçambique a 4, 5 e 6 de julho; ruma depois à Ilha do Sal, em Cabo Verde a 17 e 18 do mesmo mês, no âmbito da Cimeira da CPLP, e "provavelmente a seguir, na segunda quinzena de julho, vai a Angola".

Luís Marques Mendes elogiou a iniciativa por demonstrar "sensibilidade à lusofonia e prioridade à política africana".

De recordar que a 1 de junho, numa entrevista com o Presidente de Angola emitida pela Euronews no âmbito da visita oficial de João Lourenço a França, o chefe de Estado angolano garantiu que "as relações com Portugal vão bem. Estamos ansiosos em receber o primeiro-ministro, António Costa, em Luanda. A nível dos ministros das Relações Exteriores, os dois países estão a acertar datas, e isso vai acontecer a todo o momento".

O desanuviamento das relações entre Angola e Portugal surgiu após o Tribunal da Relação de Lisboa ter decidido, em maio passado, enviar o processo que envolve o ex-vice-Presidente angolano Manuel Vicente para julgamento em Luanda, um caso que há vários meses estava a causar mal-estar nas relações entre os dois países.

O Governo angolano exigia o cumprimento dos acordos internacionais e o envio do processo para julgamento em Luanda, pretensão que mais de cinco meses depois do início do julgamento, em Lisboa, teve o aval do tribunal.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.