“Tive conhecimento hoje de que estava infetado” e “tenho sintomas” de covid-19, “como febre, dores no corpo e dor de garganta”, disse.

O autarca, eleito pelo PSD, afiançou que vai cumprir “escrupulosamente” o isolamento profilático e explicou que, “se tudo correr bem”, vai trabalhar a partir de casa.

António Pita frisou que pretende acompanhar “à distância” os trabalhos do município e que espera marcar presença na próxima reunião de câmara, agendada para 03 de fevereiro.

Além de desenvolver a sua atividade “em trabalho remoto e em confinamento”, o autarca indicou que vão os serviços no município vão ser assegurados pelo vice-presidente Nuno Calixto, “que hoje obteve alta médica”, após também ter tido covid-19, e “os demais colaboradores”.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.092.736 mortos resultantes de mais de 97,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 9.686 pessoas dos 595.149 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.