“No momento adverso que se está a viver em Portugal e procurando contribuir para o reforço dos meios que os profissionais de saúde têm à sua disposição para que o seu louvável esforço possa produzir ainda melhores resultados na recuperação de cidadãos infetados pelo novo coronavírus, os bancos associados da APB decidiram doar ao Serviço Nacional de Saúde 100 ventiladores e 100 monitores”, pode ler-se num comunicado.

A APB sublinha ainda que os seus associados “reiteram também o compromisso perante a sociedade portuguesa de continuarem a assegurar a prestação dos serviços financeiros com o mínimo de perturbação para os clientes e a apoiarem a economia, quer através da célere operacionalização das medidas aprovadas pelo Estado, quer através de linhas de atuação específicas promovidas pelos diversos bancos”.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 791 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 38 mil.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 160 mortes, mais 20 do que na véspera (+14,3%), e 7.443 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 1.035 em relação a segunda-feira (+16,1%).

Dos infetados, 627 estão internados, 188 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 43 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.