“Quando as vacinas estiverem prontas, o país está pronto”, salientou De Croo, acrescentando que haverá então “protocolos claros sobre quem será vacinado primeiro e como isso irá acontecer”, estando planeado o início da imunização da população em 05 de janeiro de 2021.

O primeiro-ministro, que falou à imprensa belga à margem de uma visita a unidades especiais da polícia, salientou que o plano está delineado desde terça-feira mas deverá ainda ser aprovado pelos diferentes decisores governamentais: o Governo federal e os das regiões e comunidades.

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) anunciou na terça-feira ter recebido dois pedidos de autorização condicional de comercialização das vacinas desenvolvidas pela BioNTech e Pfizer e pela Moderna para a covid-19, esperando emitir uma decisão “dentro de semanas”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.