Atualmente, nesta estrutura de apoio hospitalar de retaguarda para doentes covid-19 encontram-se internadas 39 pessoas, sublinhou, em comunicado.

O Exército acrescentou que, na última semana, esta unidade registou um número médio diário de 37 internamentos.

“Ao longo dos últimos cinco meses, o Exército tem-se constituído como um importante recurso de apoio na complementaridade dos hospitais da ARSLVT no tratamento da doença covid-19, recebendo pacientes dos hospitais de Santa Maria, São Francisco Xavier e Curry Cabral (Lisboa), Professor Doutor Fernando Fonseca (Amadora), Beatriz Ângelo (Loures), Cascais, Vila Franca de Xira, Torres Vedras, Santarém, Setúbal e Barreiro Montijo”, salientou.

Este apoio decorre no âmbito do “esforço conjugado” de combate ao novo SARS-CoV-2 ao abrigo do protocolo de cooperação celebrado entre o Exército Português e a ARSLVT, contribuindo para o combate à pandemia, frisou.

Portugal contabiliza pelo menos 4.276 mortos associados à covid-19 em 285.838 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O país está em estado de emergência desde 09 de novembro e até 08 de dezembro, período durante o qual há recolher obrigatório nos concelhos de risco de contágio mais elevado.

Durante a semana, o recolher obrigatório tem de ser respeitado entre as 23:00 e as 05:00, enquanto nos fins de semana e feriados a circulação está limitada entre as 13:00 de sábado e as 05:00 de domingo e entre as 13:00 de domingo e as 05:00 de segunda-feira.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.