“Em virtude dos acontecimentos das últimas semanas e atendendo às recomendações mais recentes da Direção-Geral de Saúde (DGS), em face do contínuo aumento do número de casos confirmados por coronavírus, o Chega decidiu adiar o jantar que estava agendado para o próximo domingo, dia 15 de março, em Amares, no distrito de Braga”, refere o partido liderado por André Ventura.

Em comunicado, o Chega justifica o adiamento deste “jantar com militantes e apoiantes” com o facto de contar “já com cerca de 300 reservas” e por “vários espaços públicos no distrito de Braga terem sido encerrados por precaução, inclusivamente em Amares”.

Para o dia anterior, no sábado, estava previsto um comício em Castelo Branco, que o partido decidiu manter, “tendo em conta que não existe, até ao momento, qualquer caso de infeção por coronavírus no distrito”.

“O evento cumprirá os requisitos recomendados pela DGS, nomeadamente o número de pessoas aconselhado por evento”, ficando limitado “a 150”, assegura o Chega.

Mantém-se igualmente o Conselho Nacional do partido porque “cumpre as recomendações” da DGS e “contará com um plano de contingência que todos os membros do partido deverão cumprir afincadamente”, assinala a nota.

Esta reunião, marcada para domingo, também em Amares, deverá contar com a presença de cerca de meia centena de participantes.

“O Chega continuará a cumprir escrupulosamente toda as recomendações da Direção-Geral de Saúde sem alarmismos desnecessários ou quarentenas autoimpostas, mantendo sempre um sentido de responsabilidade e consciência quanto ao momento delicado que estamos a viver no país e em todo o mundo”, refere ainda o partido.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.