Em comunicado, a EDP e a sua principal acionista, a China Three Gorges (CTG), indicam que adquiriram, em coordenação com o Ministério da Saúde e com o apoio da Embaixada de Portugal em Pequim “50 ventiladores e 200 monitores médicos, bem como respetivos consumíveis e equipamentos de suporte associados, num total de cerca de 4 milhões de euros”.

De acordo com o comunicado, os ventiladores e monitores “estarão disponíveis para transporte no próximo dia 27 de março, prevendo-se que cheguem a Portugal no final do mês, altura em que serão entregues ao Ministério da Saúde”.

“Estes equipamentos médicos - já homologados pelo Ministério da Saúde - poderão mostrar-se decisivos para todos aqueles que sejam afetados de modo mais crítico pela Covid-19, sobretudo numa altura em que os 'stocks' mundiais se têm mostrado insuficientes para a elevada procura”, sublinham a EDP e a CTG.

Com esta iniciativa, “a EDP e a CTG juntam-se ao esforço coletivo das equipas médicas no terreno na luta contra esta epidemia”, realçam.

A esta ação juntam-se “cerca de duas mil pessoas” que estão no terreno, centros de despacho e centros produtores “para garantir que a energia chega a casa de todos os portugueses”, lê-se no comunicado.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.