Estes valores elevam o total de infeções para 4.861.883 e o total de óbitos para 84.472, enquanto os novos contágios indicam um retrocesso na evolução da pandemia, com números idênticos aos de final de junho.

Segundo as autoridades, a pressão nas unidades de cuidados intensivos dos hospitais está a diminuir lentamente (16,6% de ocupação), mas as comunidades da Catalunha e de Madrid permanecem acima da média, com 31,2% e 28,5%, respetivamente, destas camas hospitalares ocupadas por doentes covid-19.

Quanto à situação hospitalar, um total de 6.623 pacientes estão internados (menos 183 do que na terça-feira), e a percentagem de ocupação de camas devido à covid-19 desceu para 5,6%.

Nas últimas 24 horas, houve 604 admissões, em comparação com 875 altas hospitalares.

Ainda hoje, o Governo anunciou ter atingido o objetivo de vacinar 70% da população contra o vírus, com 33,3 milhões de cidadãos totalmente vacinados.

“Como prometi no início do ano, 70% da população espanhola está totalmente vacinada. Mais de 90% da população espanhola com mais de 40 anos está totalmente vacinada. Mais de 70% dos jovens entre os 20 e 29 anos e 12 e 19 anos já receberam pelo menos uma dose”, afirmou o primeiro-ministro, Pedro Sánchez.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.