O atual confinamento nacional termina a 2 de dezembro e os universitários terão permissão para voltar para casa durante uma "janela de viagem" que vai de 3 a 9 de dezembro, disse o executivo em comunicado.

A partir de 9 de dezembro, todos os cursos terão de ser feitos online "para que os alunos possam continuar os seus estudos" a partir de casa, acrescentou a nota.

Para reduzir o risco de transmissão associado a essas viagens, os testes de covid-19 serão realizados para "o maior número possível de alunos", dando prioridade às universidades em áreas com alta prevalência do vírus.

Se o teste for positivo, os estudantes deverão ficar em quarentena por dez dias antes de voltarem para casa para o Natal.

"Não se pode eliminar todo o risco (...) estamos no meio de uma pandemia", disse a ministra das Universidades, Michelle Donelan, ao canal Sky News.

"O que estamos a fazer é tentar administrar esse risco, reduzi-lo e dar aos estudantes confiança para voltarem para casa", acrescentou.

O Reino Unido é o país mais castigado da Europa pela pandemia do coronavírus, com quase 50.000 mortes confirmadas e 1,2 milhão de casos positivos, sendo que Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte têm medidas diferentes de combate à pandemia.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.