O país regista mais de 1,5 milhão de infetados por covid-19 e 91.845 vítimas mortais, mas uma projeção compilada de nove modelos de instituições — que tentam prever a propagação do vírus — indica que aproximadamente 22 mil pessoas vão morrer nos próximos 25 dias.

"A nova previsão de mortes cumulativas nos Estados Unidos para 13 de junho é de aproximadamente 113.000, com 10% de chance de ser menos de 107.000 mortes e 10% de chance de ser mais de 121.000", segundo o Centro de Prognóstico covid-19 da Universidade de Massachusetts.

A previsão intermediária é de 113.364 mortes em 13 de junho.

As projeções ocorrem quando a maioria dos estados dos Estados Unidos se move em velocidades diferentes em direção ao fim das medidas de confinamento e à reabertura das suas economias.

Em abril, o governo de Donald Trump publicou diretrizes para abordar a reabertura em fases que incluíam critérios que os estados devem cumprir individualmente antes de retornar ao normal, incluindo uma trajetória descendente de novos casos num período de 14 dias.

Vários estados estão a ser acusados de iniciar a desconfinamento sem atender aos critérios estabelecidos pelo governo.

Há duas semanas, Trump disse que o país perderá "75.800 a 100.000 pessoas".

A 10 de abril, o presidente norte-americano declarou que as mortes por vírus nos Estados Unidos estariam "substancialmente abaixo da cifra de 100.000".

O novo coronavírus matou mais de 320 mil pessoas e espalhou-se para quase 4,9 milhões em todo o mundo desde que surgiu em Wuhan, na China, no final do ano passado.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.