Em comunicado, o presidente da Câmara de Mação (distrito de Santarém), Vasco Estrela, informa que "elaborou e ativou o seu plano de contingência, colocando em prática medidas de prevenção” relativamente ao novo coronavírus, “nos vários serviços e edifícios municipais".

Com base na orientação da Direção-Geral da Saúde para riscos de eventos de massas, o executivo deliberou hoje, em reunião de câmara, "suspender eventos e atividades previstos em espaços municipais que possam implicar a concentração de massas e, por conseguinte, contribuírem, de alguma forma, para a propagação da infeção".

Nesse sentido, a Câmara de Mação decretou o encerramento temporário das piscinas municipais cobertas, a suspensão das aulas e atividades da Universidade Sénior e das atividades do Clube Sénior, e o cancelamento/adiamento de atividades da autarquia.

Nestas atividades incluem-se os campos de férias da Páscoa, passeios pedestres, exposições na galeria, palestras, concertos e tradicional convívio das associações que colaboraram na 26.ª Feira Mostra do Concelho de Mação.

Em comunicado, a autarquia dá ainda conta de que vai proceder à "avaliação minuciosa e casuística" dos pedidos para utilização do espaço público e apoio logístico a eventos com presença previsível de mais de 150 pessoas, assim como das autorizações para cedência de utilização de espaços municipais para atividades que não sejam organizados pela câmara, e aconselhamento a associações concelhias para que não levem a efeito atividades de concentração de massas.

Segundo o município, mantêm-se em funcionamento normal todos os serviços de atendimento, assim como os parques e jardins de gestão municipal.

Estas medidas "serão revistas até 14 de abril ou em função da evolução e avaliação que, em cada momento, for feita com vista à prevenção e controlo da Covid-19", conclui.

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.600 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde a declarar a doença como pandemia.

O número de infetados ultrapassou as 125 mil pessoas, com casos registados em cerca de 120 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 78 casos confirmados.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) atualizou hoje o número de infetados, que registou o maior aumento num dia (19), ao passar de 59 para 78, dos quais 69 estão internados.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.