O conselho de administração da fundação decidiu que estas medidas, que abrangem o Museu Gulbenkian e as exposições temporárias, estarão em vigor até 3 de abril.

A decisão é tomada "tendo em conta a situação provocada pela pandemia de coronavírus e seguem-se à decisão já tomada de suspender os próximos concertos da temporada de música".

Na terça-feira, a fundação anunciou que iria cancelar ou, quando possível, adiar, os 12 concertos da temporada de música até dia 03 de abril.

Esta é a data de validade da orientação emitida pela Direção-Geral da Saúde (DGS) em relação a eventos de massas, que recomenda a suspensão de acontecimentos com mais de mil pessoas em espaços fechados ou 5.000 participantes em locais abertos.

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.600 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde a declarar a doença como pandemia.

O número de infetados ultrapassou as 125 mil pessoas, com casos registados em cerca de 120 países e territórios.

Em Portugal há 78 casos confirmados.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.