"Devido à aceleração, constatada nos últimos dias, do número de casos graves de Covid-19 na proximidade de alguns centros de produção e das interrupções nos fornecimentos dos grandes fornecedores, o presidente do Conselho de Administração, juntamente com os membros da Célula de Crise, decidiram dar início ao fecho das instalações de produção de veículos, até ao dia 27 de março", refere o comunicado do grupo PSA (Peugeot/Citroen).

Segundo a nota, "as equipas de gestão das fábricas irão implementar, localmente, as modalidades de encerramento das mesmas, que serão efetuadas em coordenação com os parceiros sociais".

O grupo recorda que, até à data de fecho das unidades, "o cumprimento das medidas de proteção, indo além das recomendações das autoridades sanitárias nestes locais de produção, é a melhor proteção para evitar a propagação do vírus".

Segundo o comunicado, hoje encerram já duas unidades, uma em Espanha e outra em França, seguindo-se o fecho de oito fábricas na terça-feira, três na quarta-feira (incluindo Mangualde) e duas na quinta-feira.

O novo coronavírus responsável pela pandemia de Covid-19 foi detetado em dezembro de 2019, na China, e já provocou mais de 6.400 mortos em todo o mundo.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou hoje para 331 o número de casos de infeção confirmados, mais 86 do que os registados no domingo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.