De acordo com uma nota divulgada na página na internet do EMGFA, estes três ventiladores foram cedidos pelo Centro de Engenharia e Desenvolvimento (CEiiA) “como forma de reconhecimento pelo esforço e envolvimento das Forças Armadas no combate que Portugal está a travar contra a pandemia”.

A entrega destes equipamentos, que são “essenciais no tratamento de situações clínicas mais complexas” de pessoas infetadas como SARS-CoV-2, “vem no seguimento da oferta de uma outra unidade do ventilador Atena” ao HFAR do Porto, que ocorreu em 13 de novembro.

A pandemia já provocou pelo menos 1.570.398 mortos em todo o mundo, resultantes de mais de 68,8 milhões de infeções.

Em Portugal morreram 5.278 pessoas das 335.207 infetadas com o novo coronavírus, de acordo com a informação mais recente da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.