De acordo com o relatório diário, às 23:59 de segunda-feira registavam-se 1.163 internados em enfermaria, menos 50 do que domingo, e 149 em unidades de cuidados intensivos, menos seis, dos quais 103 ventilados.

Com os estes números, as taxas de ocupação em enfermaria e cuidados intensivos ao final de segunda-feira baixaram de 88% para 85% e de 87% para 83%, respetivamente.

Os hospitais da região Centro emitiram 101 altas nas enfermarias e duas nos cuidados intensivos e registaram 43 óbitos, mais 10 do que no domingo.

No setor social, privado, militar e Estruturas de Apoio de Retaguarda encontram-se internados 83 doentes com covid-19, mais um do que no domingo, e 98 doentes não covid-19, mais três.

Segundo a ARSC, as unidades de cuidados intensivos do Centro Hospitalar de Leiria e de Tondela-Viseu são as que registam maior pressão, com 95% de ocupação, seguindo-se o Centro Hospitalar do Baixo Vouga com 90%, enquanto todas as outras estão abaixo dos 90%.

Ao nível das enfermarias, o Centro Hospitalar e Universitário Cova da Beira atingiu o limite (100%), seguindo-se a Unidade Local de Saúde da Guarda, com 99%, e o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, com 94%.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.