Face ao balanço de sexta-feira, há menos 671 infetados diários contabilizados e menos 105 mortos.

Desde o início da pandemia de covid-19 em Itália, em fevereiro de 2020, o país totaliza 110.704 mortes em 3.650.247 infeções.

De acordo com o presidente do Instituto Superior de Saúde italiano, Silvio Brusaferro, só uma queda na pressão nas unidades de cuidados intensivos dos hospitais levará a que várias regiões possam sair de restrições mais duras.

Em Itália, 40,9% das camas de cuidados intensivos estão ocupadas por doentes com covid-19, acima dos 30% do limiar crítico.

Mais de 10,6 milhões de pessoas foram vacinadas no país contra a covid-19, das quais mais de 3,36 milhões completaram a vacinação com uma segunda dose.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.839.051 mortos no mundo, resultantes de mais de 130,1 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência noticiosa francesa AFP.

A covid-19 é uma doença respiratória causada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China, e que se disseminou rapidamente pelo mundo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.