O número mais alto de infeções registado até aqui tinha ocorrido em 22 de dezembro, quando o país contabilizou 12.511 casos.

Com o novo balanço, divulgado na quarta-feira, o total de óbitos registados no país desde o início da pandemia subiu para 129.987, enquanto o de contágios atingiu 1.479.835.

O México continua a ser o quarto país do mundo com mais mortes por covid-19, depois dos Estados Unidos, Brasil e Índia, e o 13.º em número de infeções, de acordo com a contagem da Universidade norte-americana Johns Hopkins.

O país já vacinou 53.185 pessoas que fazem parte do pessoal médico, disseram as autoridades na conferência diária sobre a doença.

O México foi um dos primeiros países a iniciar a vacinação contra o novo coronavírus, em 24 de dezembro.

Até final deste mês, o Governo mexicano conta ter já vacinados 700 mil trabalhadores da área da saúde e começar a vacinação gratuita e gradual do resto da população, de 130 milhões de pessoas, em função das idades e das doenças crónicas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.